Indicadores para Recapadoras e Reformadoras de pneus

Você coleta inúmeras informações dos mais variados tipos com o seu ERP ou em planilhas do excel… Mas no final das contas, o que todos esses números e dados estão tentando te dizer?

Alguns sistemas de gestão para reformadoras (como o nosso, hehe) já te dão a maioria das informações “filtradas” em formatos de relatórios e gráficos, mas cabe a você analisar e tomar a decisão correta em cima dos dados apresentados.

Para te ajudar na tomada de decisão, explicamos o que são indicadores (e os famosos KPIs), como eles são importantes para a sua empresa e algumas dicas de quais usar.

KPI sistema de gestão para reformadora.jpg

 

O que é um indicador?

Indicador é um jeito de mensurar resultados, também chamado de métrica.

Em uma Reformadora de Pneus, podemos utilizar o indicador de “quantidade de pneus produzidos pela empresa numa determinada unidade de tempo”, por exemplo, para medir a produtividade.

Qual a diferença entre Indicador e KPI?

KPIs (key performance indicator – indicador chave de desempenho) na verdade são os indicadores que você irá eleger como essenciais para o seu negócio.

Ou seja, você pode ter 45 mil métricas para analisar, mas se você tiver pouco tempo (e não quer se perder no meio de todos esses dados) você vai querer ver as mais importantes – os KPIs.

Quais indicadores podem ser importantes?

Como os KPIs dependem de cada empresa, falaremos de indicadores que achamos importantes ficar de olho em reformadoras. Quem vai decidir o quão importante este indicador pode ser para a empresa, será o gestor.

Alguns indicadores podem ser mais úteis para os seus clientes, passando informações como “A Marca AXC representa 30% do percentual do problema X (participação no motivo de recusa)”.
Repassar esta informação para os teus clientes pode alertá-los sobre a qualidade da marca e fortalecer a relação de confiança comercial entre vocês.

Vamos aos exemplos:

Indicadores de produção: 

Correspondem a produtividade de funcionários ou setor da empresa.

Exemplo: produtividade do colaborador/hora;
produtividade do colaborador/mês;
pneus produzidos/mês;

pneus examinados/hora.

Indicadores de qualidade:

Andam diretamente ligados com a produção, pois inferem na qualidade do serviço realizado. Podem se referir tanto à qualidade do serviço da sua empresa, quanto à qualidade da marca do pneu (voltando no exemplo da marca fictícia AXC que demos acima).

Exemplo: Pneus Produzidos em Garantia por Motivo;
Pneus Produzidos em Garantia por Marca;
Pneus Recusados por Motivo/Marca;

Pneus Recusados por Setor.

Indicadores financeiros: 

Dinheiro é assunto importante e também possui indicadores para ficarmos atentos. Daremos destaque para o cálculo do percentual do lucro sobre o faturamento. 

Infelizmente não é muito raro ter um faturamento positivo mas não sobrar dinheiro no final do mês. Caso isto aconteça com a sua empresa, provavelmente os teus custos estão muito altos e merecem sua atenção.

Indicadores de vendas/comercial: 

Aqui é possível analisar o desempenho dos seus vendedores – tanto em vendas para clientes antigos da empresa quanto para novos – podendo ajustar assim as metas de cada vendedor de acordo com o seu respectivo perfil. Alguns vendedores são melhores em trazer novos clientes, por exemplo.

Os indicadores também podem representar dados das suas vendas em geral, regiões e clientes que podem ser mais “valiosos”, etc.

Exemplo: Clientes novos/vendedor;
Faturamento/vendedor;
Vendas/região.

Como definir metas utilizando indicadores?

  1. Analise como foi o desempenho dessa métrica nos meses anteriores: realize o cálculo dos indicadores nos meses passados, para ter um ponto de partida.
  2. Seja realista: Se o teu KPI de vendas deu no máximo 0.5 nos meses passados, não trace como meta 1.0 para o próximo mês.
    Obviamente queremos chegar a um nível de excelência, mas é importante manter os pés no chão e ir subindo aos poucos, para não se frustrar e não frustrar os colaboradores com metas “inatingíveis”.
  3. Informe os colaboradores sobre essa nova meta: comunicação é imprescindível, como já mostramos aqui. Engaje o teu time de colaboradores para que eles vistam a camisa e corram atrás do objetivo da empresa.
  4. Acompanhe: Após traçar o seu objetivo, acompanhe ao longo dos dias 
  5. Faça ajustes sempre que necessário.

 

Concorda? Discorda? Vamos trocar figurinhas!
Deixe seu comentário falando do seu ponto de vista ou indicadores que você acha importante e que não citamos aqui 🙂

Anúncios

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair /  Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair /  Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair /  Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair /  Alterar )

w

Conectando a %s